A Lipodistrofia ginóide, mais conhecida como celulite, requer um tratamento muito direcionado. Este problema estético tem 4 fases distintas e características de tecido diversas, portanto, é imprescindível uma avaliação detalhada para a escolha do tratamento adequado e do número de sessões.

Confira abaixo os procedimentos indicados para o tratamento de celulites.

Ultrassom com eletrolipoforese e iontoforese, tudo num só cabeçote, com duração de 20 minutos, 2 a 3 vezes por semana, indolor e para todos os graus de celulite.

Laser, radio frequencia e endermoterapia. Terapias combinadas para resultados
mais rápidos. Sessões 1 vez por semana, 20 minutos por área. Podem ser feitas várias áreas num mesmo dia.

Injeção sub-cutânea de gás carbônico medicinal, feita de 1 a 2 vezes por
semana, leva cerca de 30 minutos e é ideal para celulites mais avançadas, inflamadas, com muita fibrose ou quando associadas à flacidez tecidual.

O martelinho de ouro dos tratamentos de celulite! As ondas de choque são feitas de 1 a 2 vezes por semana, sendo 20 minutos por área. Resultados excelentes em celulites associadas à gorduras localizadas e tecido mais fibroso.

Acelerar a circulação linfática é fundamental para o tratamento de celulite.
Pode ser associada à massagem modeladora em casos de celulite mais compacta.

Bioestimulador de ácido L-polilático, ação prolongada, efeito surpreendente. Induz a formação de colágeno progressivamente após a aplicação. Sua pele lisinha de novo!